Fundação: 15 de Agosto de 1654
Mesorregião: Macro Metropolitana Paulista
Microrregião: Sorocaba (8ª maior do estado segundo estimativa de 2007)

Municípios limítrofes: Porto Feliz, Votorantim, Mairinque, Itu, Araçoiaba da Serra, Salto de Pirapora e Iperó.
É o terceiro município mais populoso do interior paulista e o quarto mercado consumidor do estado fora da região metropolitana da capital.

Potencial de consumo per capita anual estimado em 2,4 mil dólares para a população urbana (602 mil pessoas) e 917 dólares para a rural (7,2 mil pessoas). É a oitava cidade brasileira com maior potencial de consumo.

Regiões muito próximas de Sorocaba são consideradas as maiores regiões metropolitanas do estado de São Paulo, são elas: Jundiaí, São Paulo, Campinas e Santos cujas populações, somadas à de Sorocaba, ultrapassam 29 milhões de habitantes, ou seja, mais de 80% da população do estado. es, ou seja, mais de 80% da população do estado.

O município reúne os atributos técnicos considerados essenciais por executivos e diretores de empresas para garantir a qualidade de vida.

Os serviços médicos-hospitalares são os mais diversificados possíveis, com especialistas em todas as áreas.

Sorocaba tem um perfil industrial bastante diversificado, que compreende desde o tradicional setor de fiação e tecelagem, até o de componentes aeronáuticos, incluindo empresas do ramo eletroeletrônico, telecomunicações, metal-mecânico e alimentos.

Mais de 1,7 mil indústrias estão instaladas em Sorocaba. Sua Zona Industrial dispõe de uma área com aproximadamente 25 milhões de m² distribuídos em torno da Rodovia José Ermírio de Moraes (Castelinho), com consideráveis áreas para implantação de empresas.


Geografia

  • A cidade está localizada na região sudoeste do estado de São Paulo.
  • As principais rodovias são a Castelo Branco (SP-280) e Raposo Tavares (SP-270).
  • É atravessada pelo Rio Sorocaba, afluente da margem esquerda do Rio Tietê.

Dentre as maiores cidades do Brasil (em população), Sorocaba está em 29º lugar.

Já dentre as maiores cidades de São Paulo (em população), Sorocaba está em oitavo lugar, perdendo apenas para São Paulo (10.886.518), Guarulhos (1.236.192), Campinas (1.039.297), São Bernardo do Campo (781.390), Osasco (701.012), Santo André (667.891), São José dos Campos (615.948).


 

Região Metropolitana

Sorocaba é a quinta cidade em desenvolvimento econômico do Estado, com investimentos da ordem de 3,5 bilhões de dólares, com cinco bilhões de dólares de Produto Interno Bruto (PIB). Suas indústrias exportam para mais de 115 países gerando impostos da ordem de 370 milhões de dólares por ano.

Existe (em 2006) em Sorocaba cerca de 1.700 indústrias instaladas, 15.300 pontos de comércio, 9.900 prestadores de serviço e 25 mil trabalhadores autônomos. Sorocaba oferece atrativo adicional às empresas: uma estrutura de qualificação de mão-de-obra que cobre com qualidade o nível operacional.

Nos últimos anos, Sorocaba vem despertando o interesse de investidores nacionais e internacionais que enxergam no município um promissor potencial para o sucesso de seus empreendimentos.

A logística de transporte em Sorocaba é estratégica. Os empresários têm a sua disposição várias estradas em ótimo estado de conservação que se ligam a outros centros como São Paulo, Campinas, Jundiaí e Santos, possuindo como principais as Rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares, que ligam o Sudeste ao Sul do país.
Ainda na área de transportes, Sorocaba é servida por uma ferrovia, que proporciona ligação com o porto de Santos para o transporte de cargas, e por um aeroporto totalmente pavimentado e dotado de iluminação – portanto, com funcionamento diuturno. A empresa aérea TAM mantém uma linha diária entre Sorocaba e São Paulo, com vôos pela manhã e à noite.

A cidade dispõe de um dos mais movimentados aeroportos de cargas do Brasil com empresa de táxi aéreo operando vôos executivos para vários destinos. Sorocaba conta também com um Porto Seco (EADI – Estação Aduaneira do Interior) onde mercadorias podem ser armazenadas e despachadas para vários lugares. Sorocaba exporta boa parte de sua grande produção.

Possui diversos terrenos em sua área urbana, tendo alguns, localização estratégica em vias de grande movimento de pessoas e veículos.

Os investimentos na área imobiliária estão em plena expansão em Sorocaba, destacando-se os chamados condomínios verticais. Pelos menos três destes grandes empreendimentos devem ser concluídos nos próximos anos: Único (Campolim), L'Essence (Campolim) e Pátio Santa Maria (Além Ponte).

Nos últimos anos, Sorocaba recebeu vários empreendimentos comerciais de grande porte: o Wal-Mart, o Carrefour e o Extra. Alguns shoppings de médio porte também estão em construção como o Villágio (Além Linha). O Blumen (Zona Industrial) já está concluído e o Shopping Granja Olga (Zona Leste) anunciou expansão. Mais recentemente, a gigante internacional Toyota escolheu Sorocaba para a instalação de nova fábrica.

  • É uma das 50 maiores cidades brasileiras e situa-se no Estado que concentra metade do PIB nacional.
  • Figura na lista das 30 cidades que mais geram empregos no Brasil.
  • Estabelecimentos de Ensino Pré-Escolar: 102
  • Estabelecimentos de Ensino Fundamental: 124
  • Estabelecimentos de Ensino Médio: 53
  • Hospitais: 12
  • Agências Bancárias: 46

O comércio de Sorocaba é uma das atividades econômicas que se destaca com mais de treze mil pontos e, pelo menos, 8.500 prestadoras de serviços. Por conta desse potencial, o comércio sorocabano modernizou-se na última década. O município conta hoje com três shoppings centers com lojas âncoras que atraíram para a cidade grandes redes varejistas.

A cidade oferece cerca de cinqüenta cursos superiores em quatro universidades: Universidade de Sorocaba (UNISO), Universidade Estadual Paulista (UNESP), Pontifícia Universidade Católica (PUC), Universidade Paulista (UNIP) e mais cinco faculdades.

Sorocaba ainda oferece excelentes cursos de formação técnica. Além de dispor da Faculdade de Tecnologia (FATEC), a cidade também conta com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), que oferece diversos cursos voltados para a indústria. Já o SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) conta com cursos direcionados ao comércio e prestação de serviços.

Regiões da Cidade

Além Linha:
Esta região é tipicamente residencial e possui população com grande poder de consumo. Como faz limite com a região central, ela é considerada por muitos como um centro expandido;
A Região Além Linha é uma das melhores em termos de qualidade de vida na cidade.

Zona Norte:
A Zona Norte é a região mais populosa da cidade.
Em suas vias principais, há grande concentração de comércio e serviços públicos.
Entre os atrativos desta região, destaca-se o Aeroporto localizado na Av. Santos Dummont atraiu para a região muitas empresas do setor aeroviário.

Além Ponte:
A Região Além Ponte fica a Leste da cidade.
Com a expansão da Avenida São Paulo, a região ganhou vários condomínios residenciais luxuosos. Possui também um campus da Universidade de Sorocaba que atrai pessoas de todas as cidades da região além do Ginásio Municipal de Esportes.
Região tradicional, de colonização espanhola

Aparecidinha:
A Região Aparecidinha fica a Leste da cidade e faz fronteira com as regiões rurais da cidade.
Esta região fica próxima da Zona Industrial. Seu principal atrativo é a sua romaria católica que acontece duas vezes ao ano.
Possui indústrias, alguns condomínios residenciais

Brigadeiro Tobias:
Região Brigadeiro Tobias fica a Leste da cidade.
A região é cortada pela Av. Bandeirantes que liga-se à Rod. Raposo Tavares.

Zona Industrial:
A Zona Industrial-Administrativa fica a Leste da cidade e faz fronteira com as seguintes regiões: Zona Norte, Além Linha, Além Ponte, Éden-Cajuru, Aparecidinha e zonas rurais.
Nesta região, ficam os principais órgãos do poder executivo, legislativo e judiciário como a Prefeitura, a Câmara Municipal, o Fórum, Receita Federal, Tribunal de Contas da União, entre outros.

Campolim / Vergueiro:
A Região Campolim-Vergueiro fica ao Sul da cidade.
Apesar de residencial, esta região é uma das mais estruturadas da cidade.
Estima-se que cerca de 80 mil carros circulam diariamente pela Avenida Antônio Carlos Cômitre. Nos últimos anos, grandes condomínios verticais e edifícios comerciais envidraçados começam a aparecer na região.
Atualmente, esta região possui o metro quadrado mais valorizado da cidade

Centro:
Praticamente comercial, a região central tem grande valor cultural e histórica.
Muitos órgãos do governo, lojas, clínicas e bancos estão espalhados por suas ruas e avenidas para atender o público que vêm de todas as partes da cidade.

Zona Oeste (Cerrado):
Esta região é uma das mais populosas de Sorocaba e concentra grande atividade comercial nas vias principais


Industrialização

O declínio da indústria têxtil fez com que a cidade buscasse novos caminhos e, a partir da década de 1970, diversificou o seu parque industrial, hoje com mais de 1.700 empresas, entre elas algumas principais do país;

O parque industrial de Sorocaba possui excelente infra-estrutura de estradas, transportes públicos, rede de energia elétrica, telecomunicações, disposição de lixo, água potável, com mais de 25 milhões de metros quadrados para cerca de 1700 indústrias.

As principais atividades econômicas são: indústrias de máquinas, siderurgia e metalurgia pesada, autopeças, indústrias têxteis, equipamentos agrícolas, químicas, petroquímicas farmacêuticas, papel e celulose, produção de cimento, energia eólica, eletrônica, ferramentas, telecomunicações entre outras e se tornou uma cidade maravilhosa, ostentando uma situação econômica muito boa.

Entre as indústrias locais, mais de 150 empresas enviam seus produtos para pelo menos 120 países com os quais o Brasil mantém relações comerciais, sendo que os negócios atingem uma média de US$ 370 milhões por ano.

Localização: Norte - Marginal da Rodovia Castello Branco (Sentido Oeste), nas proximidades do Jóquei Clube de Sorocaba.

Estrutura Atual:
Área total: 20 milhões de m2
Área pública: 400 mil m2
Âncora: Automóveis Toyota (4 milhões de m2)

Projetos:
Em andamento: Duplicação da Avenida Itavuvu - Sentido Zona Norte / Parque Tecnológico.
Futuro:
Aeroporto
Shopping Center
Universidade
Condomínios residenciais
Dezenas de indústrias limpas

O parque tecnológico de Sorocaba terá um projeto modular e, em 10 anos, deverá ter forte concentração de empresas e de funcionários altamente qualificados. O funcionamento do parque tecnológico deverá gerar sinergias e oportunidades entre as instituições e as empresas de vários ramos de atividades. Nos laboratórios do parque deverão ser desenvolvidos estudos e pesquisas focados na tecnologia básica e avançada e haverá, também, estímulo ao surgimento de condomínios empresariais.

O parque tecnológico provocará um impacto social no seu entorno e reflexos na cidade como um todo, no comércio, na área de serviços, de hospedagem, alimentação, e, inclusive, no setor imobiliário, que sentirá de forma mais intensa os efeitos do seu funcionamento.

 

Rua Salvador Corrêa, 560 - Jardim Vergueiro - Sorocaba - SP  |    Tel. (15) 3233-1313    |   Localização   |    CRECI 66.630